terça-feira, 6 de março de 2012

Dicas de viagem: como dirigir em uma Autobahn (rodovia) na Alemanha

Esta postagem é interessante, mas muito interessante mesmo, para os brasileiros "marinheiros de primeira viagem" à Alemanha e que pensam em alugar um carro lá durante as férias

Para quem não sabe, a Alemanha é o único país da Europa (e do mundo) que possui estradas com trechos - algumas vezes muito longos, outras vezes curtos, ou até mesmo a rodovia inteira - em que não há limite de velocidade para veículos de pequeno porte (leia-se automóveis e motocicletas).


Já sei que muita gente está comemorando a informação, que é maravilhosa somente para os motoristas conscientes. 

Liberdade traz responsabilidade. A Alemanha é o país com menor índice de acidentes em rodovias do mundo. Como isto é possível? Só para começar, o curso da autoescola é de cerca de um ano, com muitas, mas muitas aulas teóricas primeiro. 

Motociclistas têm que passar por níveis para dirigir motos de maior porte. A licença do último nível de motos grandes só se é obtido aos 25 anos de idade.

Na Autobahn ninguém, mas ninguém mesmo, que ande a cerca de 80 km por hora se arrisca a sair da faixa da extrema direita. Todo mundo sabe aonde é o "seu lugar".

Nas áreas de velocidade livre na Alemanha a coisa funciona mais ou menos assim:

Faixa da extrema direita: veículos com velocidade entre 80 e 100 km por hora (ônibus, caminhões, carros com traillers, e os motoristas que dirigem devagar). 
Mas ninguém pode dirigir abaixo da velocidade mínina. Na Alemanha tem multa para quem dirige devagar demais na cidade ou nas rodovias. Ou seja, não tem capacidade mínima, não dirija.

Faixa do meio: veículos que andem em velocidades mais ou menos entre 120 e 180 km por hora.

Faixa da extrema esquerda: veículos em velocidade acima de 180 km por hora. 
E a regra é clara: viu outro carro mais veloz vindo no retrovisor abra espaço o mais rápido possível. Isto é um requerimento legal lá.

Dica: Quem não possui perícia e bom domínio do volante fique bem longe da faixa da extrema esquerda para evitar acidentes e ter a polícia no encalço. Lá a lei e a ordem são realmente obedecidas.

E não se esqueça que nem todos os seguros contra acidentes na Alemanha cobrem velocidades acima de 130 km e muitos carros já vêm bloqueados da fábrica para não ultrapassar os 250 km por hora. Só os motoristas realmente muito bons é que conscientemente pedem o desbloqueio de velocidade e assumem os riscos e pagamentos maiores cobertos em planos especiais das seguradoras.

Se esse não for o seu caso, lembre-se de manter-se nas outras faixas. No mais, aproveite o maravilhoso passeio que é dirigir em um país onde a malha viária parece um tapete mágico.

Nota importante: na Alemanha todos os motoristas são obrigados a prestar os primeiros socorros. MESMO. E não é só telefonar. É respiração boca a boca, avaliar o pulso, reanimação cardíaca e tudo o mais. Senão respondem processo criminal.

Pontos negativos? Sim. 
Exemplos:
As Autobahn não são muito iluminadas, o que dificulta a direção à noite.
No período do amanhecer e pôr-do-sol, em especial na primavera e outono, muitos animais silvestres podem cruzar as pistas e causar acidentes. 

Update 2014:
Um vídeo para mostrar um belo BMW M5 que chegou a fazer 340 km por hora em uma Autobahn:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!