domingo, 22 de janeiro de 2012

Mães, Madrinhas, Damas de Honra e Convidadas: como se vestir para uma festa de casamento

Como uma convidada, madrinha, dama de honra e até mesmo uma mãe devem se vestir em uma festa de casamento? Este é um grande dilema para muitas pessoas. As palavras-chave são elegância e bom senso.


A mulher com classe, que é elegante, sabe: festa é festa - é pura competição fashion e de estilo pessoal para ver quem brilha mais. Pode-se usar transparências, decotes, fendas, brilhos e todos os recursos possíveis para se chamar a atenção. Em festas é liberado.

Já em uma recepção ou festa de casamento não. Claro que alguém poderá ir vestida com transparências reveladoras ou decotes frontais gigantescos se quiser: mas provavelmente irá ganhar inimigas para o resto da vida. Começando pela noiva.
Festa de casamento é outro estilo, necessita outro comportamento e posicionamento: requer menos decotes, fendas e transparências em respeito à noiva e às famílias.

Em um casamento a estrela da festa é a noiva. Não tente tirar o brilho dela. É falta de educação e até de respeito.

A única exceção possível é: caso a noiva pertença ao mundo fashion ou artístico, por exemplo. Ou seja, caso a noiva trabalhe nestas áreas e não ligue para convenções e tradições, aí sim você poderá ir ao casamento dela com um decote imenso se fizer tanta questão, por exemplo.
Mas cuidado: mesmo assim convém perguntar antes se ela não se importa. Ser educada e gentil sempre é bonito e elegante.

Dresscode: provavelmente os noivos irão indicar em um cartão à parte, ou até mesmo no convite, o traje requerido. 
Caso eles não o façam, pergunte se você não tiver a menor ideia do que vestir. Perguntar não ofende e ainda a livrará de situações embaraçosas.

Mães, madrinhas, damas de honra e daminhas
Felizmente ou infelizmente, depende do ponto de vista, todas vocês devem atender aos desejos da noiva quanto ao estilo do vestido (longo ou curto) e quanto a cor

A única coisa a que você não é obrigada a fazer é se a noiva, por exemplo, determinar que você use um vestido da marca X, principalmente se for de um valor acima das suas possibilidades econômicas

Neste caso específico, se a noiva quiser ver você vestida com a marca x, então ela deverá custear a roupa. Se este for o caso converse com ela e seja franca. 
No caso dela não ser educada o suficiente para pagar a roupa cara e você não puder pagar, e ela não aceitar que você compre algo dentro do seu orçamento, simplesmente decline do convite de ser madrinha. Isto você tem o direito de fazer.

A noiva não determinou absolutamente nada sobre o que as mães, madrinhas, damas de honra e/ou daminhas devem usar? 
Neste caso pergunte. Tudo se resolve através de diálogo. E desta forma confusões e desapontamentos são evitados. Para os dois lados.

Uso da cor branca ou cores claras sem ser a noiva (mães, madrinhas e convidadas)
Convidadas podem usar branco em casamento? 
Esta é uma pergunta delicada. A resposta é sim e não. Tradicionalmente no Brasil não se aconselha o uso de branco em festa ou recepção de casamento
Mas... na Europa sempre foi diferente. Na Europa o branco ou cor clara para convidadas é aceito. 

Uma das defensoras do branco para convidadas em casamento no Brasil é a socialite Carmen Mayrink Veiga que comentou sobre o uso do branco off-white por Pippa, irmã de Catherine Middleton, no casamento desta última com o príncipe William: 

"(...)“Só no Brasil tem esse negócio de não usar branco em casamento”, completa. A jet-setter mais badalada do país já usou branco em casamentos importantes, num deles combinou seu mais recente, gigante e plissado chapéu assinado por Givenchy com um tailleur Yves Saint Laurent, tudo branco e muito chique. (...)"

Bom, é preciso se levar em conta que a maioria dos casamentos são realizados durante o dia e as convidadas costumam usar vestidos curtos (altura do joelho) e somente a noiva usa longo. Mas Pippa usou um vestido branco e longo. 

O meu conselho é: o ideal é conversar com a noiva. 
Seja franca, diga que gostaria de usar branco e/ou uma cor bem clara no casamento dela. Escute a opinião da noiva. Se ela permitir, faça. Se ela pedir que não, seja educada e escolha outra cor. 
Acho que tirar este preconceito por parte das noivas brasileiras vai ser meio difícil...



Casamento com todos vestidos de branco
Muito bonito e interessante. 
Tem sido muito usado em casamentos na praia ou no campo onde se busca uma maior informalidade. Mas quem estiver com o peso acima talvez não fique tão contente com a obrigação de vestir-se de branco. Mas é a vontade dos noivos... 

Seja educada e faça. Caso queira esconder alguns quilinhos a mais procure encontrar roupas com um bom corte e tecido de qualidade para que o caimento seja bom e lhe deixe elegante. Drapeados e faixas longas frontais ajudam a esconder o peso extra.



Uso de vestido preto pelas mães, madrinhas e convidadas
Muitas noivas também têm preconceito contra o uso da cor preta em vestidos das mães, madrinhas, damas de honra e até das convidadas em casamentos. 

Sinceramente sou a favor. E para todas: mães, madrinhas, damas de honra e convidadas. Eu mesma já fui madrinha de casamento e usei preto. Não tem nada de "agouro". Lembrem-se que muitos noivos usam preto no casamento deles (terno, smoking ou casaca por exemplo). Então eles estariam "agourando" a noiva. Viu? Não tem sentido este preconceito.

A cor preta é bonita, sofisticada e de quebra esconde os quilinhos a mais de quem queira ocultá-los. Se você for uma noiva que esteja lendo este post pense nisto e deixe de lado preconceitos bobos.

Caso você seja uma convidada e queira usar preto em um casamento, também aconselho que converse com a noiva se quiser ser educada e gentil. Especialmente se ela for supersticiosa e você seja membro da família e vá aparecer nas principais fotos de casamento - aquelas são tiradas com os noivos e famílias juntas. 

Se ela pedir que você não use preto, seja educada e não faça. É melhor não criar inimizades. Mas pode ir sim de azul marinho ou com um cinza chumbo bem fechado sem problemas. 



Mulheres de calças compridas em casamentos
Mais um assunto polêmico.
Pela etiqueta & boas maneiras é "proibido". Mas hoje em dia já tem quem o faça. 

Madrinhas, mães, damas de honra e daminhas com calças compridas: não e não. E não de novo. Só se a noiva é que pedir e/ou aceitar. Claro que, se a própria noiva for usar calças na cerimônia de casamento, fica liberado o uso para mães e madrinhas e é claro para as convidadas.

Convidadas com calças compridas: bom, na teoria não deveriam fazer...mas... 
Se você for uma mulher que, por razões pessoais tão fortes não aceite o uso de vestido de jeito nenhum, faça. Mas faça com elegância!

Três opções
1- Saia-calça: em tecidos nobres e de preferência com uma espécie de "saia ou túnica" por cima. Ideal para casamentos informais, semi formais e/ou de dia (convite que determina traje esporte ou traje passeio).
2- Terninho: casamentos durante o dia e/ou semi formais durante a noite (convite que determina traje social); 
2- Smoking feminino: casamentos de noite formais e/ou de gala (mesmo que seja de dia). Se é para usar calças, que seja um traje glamouroso (convite que determina gala).



Como identificar e escolher o traje correto para a ocasião
Você recebeu um cartão com o traje especificado e/ou veio escrito no convite. Mas você não se lembra muito bem da divisão ou talvez não saiba a diferença. Veja aqui as respostas.


A divisão dos trajes para ocasiões sociais é a seguinte:

1-  Traje esporte. Também chamado casual ou esporte casual.
É o vestuário normalmente usado para almoços com amigos, exposições, aniversários informais, batizados (informais no Brasil) e churrascos. 
Não é necessário vestir uma produção sofisticada, mas isto não significa desleixo. 
Os vestidos curtos ou na altura dos joelhos são ideais para a ocasião, além de outras opções como saias, calças de alfaiataria, jeans e/ou bermudas.



2-  Traje passeio. Também chamado esporte fino ou alto esporte. 
É o curinga da maioria das festas e significa sofisticação em meio termo: nem muito, nem pouco. 
Este tipo de traje é aconselhado para almoços, conferências, estreias ou eventos à luz do dia. O tailleur, o terninho e o vestido preto básico são os fieis escudeiros do estilo passeio. 



3- Traje social. Também chamado passeio completo.
É o traje sofisticado e elegante. Usa-se em coquetéis e jantares especiais, óperas e casamentos em que se requer esse estilo de produção. 
O uso do longo não é obrigatório, podendo ser substituído por longuete (na altura dos joelhos), tailleur, ou terninho. As fendas e decotes estão liberados, mas sem exageros. Os acessórios devem ser saltos altos e bolsas pequenas. 



4- Gala. Também chamado de black-tie ou à rigor. 
Festa black-tie significa festa à noite e com vestido longo. Aqui é possível usar a fantasia e há mais liberdade nas escolhas dos modelos de vestidos. 
Mas lembre-se de que o traje para esse tipo de evento deve possuir um alto grau de formalidade e sofisticação. O preto é sem dúvida uma cor que favorece a silhueta e a elegância, mas se você quer se destacar e sai do comum, escolha outra cor. 
Vestidos curtos podem ser usados hoje em dia, desde que tenham glamour no tecido. Embora o longo seja o mais indicado e o mais sofisticado sempre. 
Quanto ao uso de decotes, transparências e fendas: apenas evite usar tudo ao mesmo tempo. Você ficará mais sexy e elegante se escolher apenas um destes elementos. E lembre-se de ser mais discreta em casamentos.



Nota: houve updates de fotos após a publicação do post.

Fotos: reprodução

Um comentário:

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!