quinta-feira, 21 de junho de 2018

Inspiração para Casamentos: Sonhos de Uma Noite de Verão - Solstício de Verão - Casamento na Floresta

Inspiração para Casamentos e Noivados: Sonhos de Uma Noite de Verão - Shakespeare

Inspiração para Casamentos: Sonhos de Uma Noite de Verão - Solstício de Verão - Casamento na Floresta


Vocês aí no Brasil estão entrando no Inverno, mas eu no Verão... Assim sendo, desculpem, mas vou postar sobre o Verão. E mesmo assim, acredito que a decoração que será apresentada logo abaixo pode muito bem ser usada em qualquer época do ano, até mesmo em casamentos no Outono ou Inverno, pois é um boho chic de uma grande beleza.  ;-)

Vou começar uma série de inspirações para casamento provenientes das obras de Shakespeare. Romeu e Julieta em Verona será a próxima publicação. Podem esperar.

"O amor não vê com os olhos, vê com a mente; por isso é alado, é cego e tão potente."
William Shakespeare in Sonhos de uma Noite de Verão.



Esta pintura acima é a famosa "Study for The Quarrel of Oberon and Titania" de  Joseph Noel Paton.

Resumidamente, a famosa peça teatral de Shakespeare conta a seguinte história:

"A Mid Summer Nights Dream True love never runs a smooth course. And this is quit evident in a Mid Summer Night’s dream. The young love of two people is far more powerful than one thinks. And at the end true love will prevail no matter what gets in the way. Hermia and Lysander are the two lovers where nothing goes their way. Their love is so strong that nothing shall get in the way of true love. Hermia is faced with a decision to marry Demetrius, the man she doesn’t love, or be faced with death. The father of Hermia is the one setting up the marriage between the two. There love is so strong that they will let nothing stop them, so they run away together into the woods. This truly is a sign of true love. And that the course of true love never did run smooth.
(School Work Helper)

Tradução:
O amor verdadeiro nunca segue um curso suave. E isso fica evidente em Sonhos de uma Noite de Verão. O amor de um jovem casal é muito mais poderoso do que se pensa. E no final, o amor verdadeiro prevalecerá, não importa o que atrapalhe. Hermia e Lisandro são os dois namorados que não conseguem o que querem. O amor deles é tão forte que nada pode atrapalhar este casal. Hermia se depara com a escolha de se casar com Demetrio, o homem que ela não ama, ou enfrentar a morte. O pai de Hermia é quem determinou casamento com Demetrio. Lá o amor é tão forte que nada irá impedi-los, então eles fogem juntos para a floresta. Isso realmente é um sinal de amor verdadeiro. E que o curso do amor verdadeiro nunca é fácil.

Quem já conhece a peça teatral ou o filme sabe das encantadoras sequências da floresta mágica, fadas e espíritos da floresta. Simplesmente deslumbrante, etéreo e encantador. É minha peça favorita de Shakespeare, pois tem um final feliz para todos os casais. <3 

Um belo trecho do filme, cheio de beleza e ar diáfano da floresta encantada. Neste trecho a rainha Titania, rainha das fadas e elfos, que foi erroneamente encantada, está temporariamente apaixonada por um... asno. Mas calma, ela voltará para o marido, o rei Oberon.  :-)




Esta decoração boho chic é repleta de tons de roxo, violeta, rosa, bordeaux, lustres, luzinhas de decoraçãofrutas como figo, uvasromãs, folhagens e musgo. Castiçais, móveis antigoslanternas para velas no setor da cerimônia, um trailer como bar. O vestido de noiva é romântico e com muita renda, como o estilo boho requer. Guirlanda de flores naturais para a noiva. Reparem no primor do convite de casamento que vem como pergaminho e com lacre: super vintage. O balanço dá um ar especial e fica um local maravilhoso para fotos dos noivos ou até mesmo para um photobooth

Para quem mora no interior do Brasil e no interior de outros países também é uma ótima inspiração. Muito útil para decorar o casamento.

Seguem fotos para inspirar.






























FICHA TÉCNICA
Conceito, criação e styling: Bo-Chic
Fotografia: Michael Bishop Photography
Local: Woodland Weddings
Florista: Willow & Thyme
Móveis: Furniture Recycling Shop
Bolo: Nevie Pie Cakes
Papelaria: Big Day Designs
Vestido de Noiva: Katya Katya
Vestido da daminha: Little Bevan
Buffet: Goose & Berry
Modelo: Nicholas Illingworth
Maquiagem: IC Makeup and Hair
Cabelo: Ruby Lane (Emma Ellle Martin)
Confete: Shrop Shire Petals
Coroa: 18th Century Corsets

domingo, 17 de junho de 2018

Casamento de Celia McCorquodale e George Woodhouse - Casamento da Sobrinha da Princesa Diana

Casamento de Celia McCorquodale e George Woodhouse - Casamento da Sobrinha da Princesa Diana no dia 16/06/2018

Príncipe Harry e Meghan Markle estiveram presentes ao evento


Ontem, dia 16 de Junho de 2018, ocorreu o casamento de Celia McCorquodale com George Woodhouse na igreja St. Andrew and St. Mary's Church localizada na pequena vila de Stoke Rochford, Lincolnshire, no interior da Inglaterra. Celia é filha de Lady Sarah McCorquodale, nascida Spencer, irmã da princesa Diana. Porém as primeiras fotos saíram na imprensa apenas no dia seguinte, dia 17/06, após o horário do café da manhã e do almoço (horário de Greenwich).


Foi um casamento low key, clássico e tradicional, porém mais "informal", sem "pompa e circunstância" da realeza como foi o caso do casamento do príncipe Harry e Meghan Markle. Apenas contou com a presença de parentes próximos, sem celebridades do mundo das artes e moda, pois a noiva não possui título de nobreza e nem é uma celebridade famosa. É uma moça bem discreta e muito elegante.

Celia decidiu usar a tiara Spencer no seu casamento. A mesma usada por Diana quando se casou com o príncipe Charles, o que foi na época a quebra de uma tradição, pois as noivas reais costumavam sempre usar as joias da família real. Mas Diana fez questão de usar a tiara que está em sua família desde o século XVIII. Este ato, diga-se de passagem, mostra o quanto Diana se orgulhava de sua família e de sua genealogia

A tiara Spencer foi dada à avó de Diana, Cynthia, viscondessa de Althorp, por uma parente distante chamada Lady Sarah Spencer como presente de casamento em 1919. A peça foi remodelada nos Anos 30, sendo trocados alguns diamantes e brilhantes. Todas as irmãs Spencer, Lady Diana, Lady Sarah e Lady Jane se casaram usando a tiara Spencer. A referida tiara possui o formato de grande folhagem rolada em ouro, sendo adornada com tulipas, estrelas e um coração central, cada um decorado com diamantes com base em prata. Sua estrutura curva e design caprichoso são bem diferentes da maioria das tiaras da realeza com suas peças mais formais.

A joia pertence à família Spencer, hoje em dia, mais precisamente ao tio de Celia, Charles Spencer, o  Conde Spencer, irmão de Diana. A título de informação para os leitores: na Inglaterra, até hoje, quem herda o título de nobreza, as joias da família e as propriedades é o filho mais velho, somente o homem. Existem sim títulos de nobreza herdáveis por mulheres, mas são raros e são da Europa Continental no geral. Como este blog não é sobre Heráldica e Genealogia em si, não vou entrar em detalhes mais profundos. Mas acho que já deu para entender o básico, não é? :-)





Celia usou a deslumbrante tiara com um véu longo. Acompanhados por um delicado par de brincos em pingente de brilhantes. O vestido de noiva foi um modelo com renda, manga 3/4, decote canoa alto, bem delicado com a renda, tendo a base tomara que caia estruturada, sendo que a saia parece ser de tule de seda.  O buquê de rosas brancas e flores silvestres com folhagem verde, bem ao gosto inglês em modelo cascata. Sim, na Europa sempre se usou e continua em uso bouquets de todos os tipos, inclusive o cascata. E até mesmo buquê em cascata durante o dia. Então parem de acreditar em quem diz aí no Brasil: "ah, está fora de moda". 

A maquiagem foi discreta, sem delineadores ou sombras fortes, batom claro, bem natural. Como requer um casamento. E a noiva optou por um coque. Tudo como reza a "cartilha" das noivas com origem real ou nobre que devem se casar seguindo uma linha clássica e tradicional.

Ela chegou à igreja em um antigo Rolls Royce Silver Ghost de 1910 e entrou acompanhada por seu pai, Neil McCorquodale.

O novo duque e a duquesa de Sussex estavam cheios de sorrisos quando chegaram à cerimônia. O local do casamento foi uma típica igreja anglicana de pedra, que são muito comuns até hoje, em especial em pequenos vilarejos. Os pajens estavam vestidos com uniforme de aviadores e as daminhas usaram a tradicional guirlanda de flores e vestidos brancos.

As convidadas estavam sempre de vestido ou com robe manteau (casaco com vestido) e os homens de fraque. O comprimento ideal das saias é sempre na altura dos joelhos ou próximo. Sem "decotões" ou transparência, afinal de contas o casamento é em igreja. Chapéus, fascinators e casquetes sempre. Super britânico e europeu, que aprovo totalmente, principalmente por ter alguns ancestrais britânicos em minha família. 

Meghan Markle usou um vestido floral da coleção resort 2019 de Oscar de la Renta no melhor estilo toile de jouy, estampa tradicional ainda muito usada na Europa durante a primavera e o verão, em especial pela aristocracia. E completou o look com scarpins da Aquazzura e o fascinator  branco que custa menos de 30 libras vendido na Marks & Spencer, de acordo com a imprensa britânica, que também comentou muito o vestido de Meghan, pois acharam que estava muito largo, o que na verdade, pode-se dizer que acertaram. 

Como Meghan tem biotipo de modelo, que são mulheres sem cintura fina, ao tentar esconder este detalhe, acabou errando na proporção, pois o vestido já é larguinho por natureza, vejam logo abaixo nas fotos o vestido em uma modelo da grife em foto do catálogo oficial. Na verdade, os ombros deveriam ter sido ajustados para que a cintura ficasse mais marcada, que é o caimento proposto pela grife, e não foi o que ocorreu na hora de vestir com Markle. Mas o vestido é muito bonito sim.

Outros destaques entre os convidados foram: Lady Kitty Spencer, Louis Spencer, que é filho do Conde Spencer e seu futuro herdeiro, as gêmeas Lady Eliza e Lady Amelia Spencer e ainda o Visconde de Althrorp.

Lady Kitty Spencer, sempre muito elegante, escolheu um vestido floral Dolce & Gabbana que no presente momento está disponivel para a venda nas vitrines da grife aqui na Europa. Vi o mesmo vestido dela na vitrine há apenas duas semanas atrás. E acompanhou o belo vestido com uma casquette, que para alguns seria fascinator, em cor burgundy da grife Philip Treacy. Devido ao tamanho, sempre é complicado definir. Para a imprensa britânica foi classificado como chapéu, simplesmente. As joias são da Bulgari.






Diana no dia de seu casamento com o príncipe Charles usando a tiara Spencer.



A tiara Spencer em detalhes.



A tia Diana e a sobrinha Celia com a tiara.



Os noivos.














Seguem as fotos de alguns convidados.






Foto da coleção resort 2019 de Oscar de la Renta com o modelo do vestido usado por Meghan.


O printscreen da loja online da Marks & Spencer com o mesmo fascinator de Meghan Markle.



Louis Spencer, filho do Conde Spencer, cumprimenta Meghan e logo abaixo abraça o primo, príncipe Harry.




A mãe da noiva à direita, Lady Sarah McCorquodale. Um ótimo exemplo de elegância para a mães de noivos.



Lady Jane Fellows, a irmã mais velha de Diana.



O Conde de Spencer com sua atual esposa, Karen.



Lady Kitty Spencer à direita.






P.S.: Dear cousin Mirian, thanks to take part! xx :-)


Fotos: reprodução