terça-feira, 23 de julho de 2013

Quem paga o quê em um casamento? A divisão de custos de um casamento.

Chega aquele momento em que você foi pedida em casamento (ou talvez o inverso) ou ainda você e seu namorado decidiram se casar conjuntamente. E então surge a pergunta: "Quem paga o quê em um casamento?".

Bom, vamos seguir com as explicações e soluções possíveis. Existe a solução tradicional que segue a etiqueta e boas maneiras; a solução da tradição atualizada para os novos tempos ou talvez, melhor dizendo, para o novo panorama sócio-econômico das famílias; a solução mais comum hoje em dia; e a solução conforme a situação financeira dos(as) noivos(as) e das famílias deles e até dos padrinhos e madrinhas.

Qualquer que seja a solução escolhida, sempre é necessário conversar com os "patrocinadores" do casamento e decidir o quanto será o valor em uma pequena reunião para que se possa discutir o orçamento num jantar com ambas as famílias. Esta reunião  deve ter um clima de amizade, pois se trata de uma situação afetiva e não o fechamento de um negócio. 

Depois de tudo acertado é que se pode decidir o tipo de cerimônia, o horário, o local, os trajes do casamento e tudo mais, já que tudo isto e mais os outros serviços deverão caber dentro do orçamento estipulado.

Dependendo da quantidade de convidados que os noivos gostariam de ter e o tipo de casamento, poderá ser possível realizar o "casamento dos sonhos". Caso o valor do orçamento seja muito alto e fora das possibilidades financeiras, será preciso cortar gastos. Será então mais prático optar por uma cerimônia mais simples e/ou com menos convidados.


SOLUÇÃO TRADICIONAL

Pela tradição e também pela etiqueta e boas maneiras, praticamente todos os gastos de um casamento são arcados pelos pais da noiva

1- Pais da Noiva:
- festa de noivado e todos os seus gastos (se houver uma).
- cartão do save the date (aviso da data do casamento após o noivado).
- chá da noiva ou chá de panela e todos os seus gastos (se houver um).
- vestido de noiva.
- véu e arranjo de cabeça da noiva (tiara, coroa, etc).
- sapatos da noiva.
- buquê da noiva.
- dia da noiva completo ou maquiagem, penteado, manicure, pedicure.
- música na igreja e na recepção.
- convites e anúncios.
- fotografia e filmagem.
- decoração  e flores para igreja e recepção.
- consultor de casamentos (se houver um).
- cerimonialista (se houver um).
- recepção completa.
- aluguéis de toldos, passadeiras, etc.
- bem casados.
-roupas das daminhas e/ou pajens.
- manobristas, seguranças e pessoal de limpeza.
- programa do casamento.
- livro de honra (de assinaturas) dos convidados.
- presentes para padrinhos e madrinhas e as damas e pajens.
- presente da noiva para o noivo (se ela decidir oferecer um).
- acomodação em hotéis para os padrinhos, madrinhas, damas e pajens da noiva que venham de fora e que não estejam hospedados em casas particulares.
- almoço comemorativo, caso haja um, após o casamento civil ou no dia do casamento para padrinhos e madrinhas.
- um presente de valor alto (pode ser a lua de mel ou algo como a entrada para um financiamento de uma casa ou pagamento de algo mais caro para a futura residência dos noivos).
- transporte da comitiva da noiva de casa para a cerimônia e da cerimônia para a recepção.
- lembrancinhas do casamento.
- cartão de agradecimento do casamento.

2- Noivo e os Pais do Noivo:
- despesas do casamento civil (taxas e emolumentos).
- despesas com o sacerdote da igreja.
- anel de noivado.
- alianças de casamento.
- presente do noivo par a noiva (se ele decidir oferecer um).
- jantar na noite de véspera do casamento.
- despedida de solteiro (se houver).
- boutonnieres do noivo, padrinhos e pais de ambos os noivos. 
- suíte do hotel para a primeira noite caso não viajem imediatamente.
- lua de mel (se a família da noiva não der de presente).
- hospedagem em hotel da família do noivo caso esta venha de fora.
- hospedagem dos padrinhos, madrinhas, damas e pajens do noivo caso venham de fora.
- transporte do noivo e seus padrinhos, madrinhas, damas e pajens para a cerimônia se a família da noiva não o tiver feito.


Devido as novos tempos, já não são mais muitas famílias de noivas que fazem isto
Caso a sua família especificamente não possa ou não queira pagar seu casamento não se desespere. Procure encontrar outro tipo de solução. Tudo é uma questão de se conversar com calma e de se pensar em soluções.

Atualmente é muito comum ambas as famílias dividirem os gastos, ou então são os próprios noivos que pagam. Mais de 50% das noivas e noivos pagam hoje em dia uma grande parte do seu casamento porque a maioria já se casa com mais idade e costuma trabalhar.
Talvez os mais afortunados podem ter parentes ou padrinhos e madrinhas que queiram colaborar com as despesas. Mas lembrem-se de que deve partir deles a oferta de colaboração.

Quanto ao anel de noivado, sim, a tradição existe e continua especialmente fora do Brasil ou para as famílias brasileiras de maior poder aquisitivo. 
No Brasil não se tem usado muito por causa do medo de assaltos e/ou porque muitos noivos não têm condições econômicas para comprar um anel para a nova deles e então compram as alianças de casamento e as passam a usar na mão direita como de noivado. 

Nota: em Portugal o os pais também costumam pagar o transporte dos convidados à cerimônia e recepção. Isto não ocorre em todos os países. 
Seria de bom tom fazê-lo se o local é de difícil acesso, por exemplo, muito fora da cidade, estradas de terra, praias desertas. Ou então se só se possa ingressar no local em carros especiais por motivos de segurança ou de conveniência.


SOLUÇÃO TRADIÇÃO ATUALIZADA

1- Pais da noiva:
- convites de casamento.
- fotografia e filmagem.
- vestido de noiva.
- sapatos.
- véu e arranjos de cabeça.
- dia da noiva completo ou maquiagem, penteado, manicure, pedicure.
- igreja ou local da cerimônia.
- flores da cerimônia e recepção.
- buffet ou catering.
- bar.
- decoração da recepção.
- aluguel do local da recepção.
- música na igreja e na recepção.
- transporte dos noivos, padrinhos, madrinhas, damas e pajens para a cerimônia e recepção.

2- Pais do noivo:
- jantar ou festa de noivado e outras despesas em que concordaram pagar.

3- Noivo:
- anel de noivado.
- alianças de casamento.
- custas do casamento civil.
- o próprio traje dele para o casamento.
- presente para os padrinhos e pajens.
- boutonnieres do noivo, padrinhos e pais de ambos os noivos.
- buquê da noiva.

3- Noiva e Noivo juntos:
- banda ou Dj do casamento.
- lua de mel.

4- Noiva:
- presentes para as madrinhas e damas.
- roupas das damas e pajens.
- cartões de agradecimento.
- programas de casamento.
- livro de honra (de notas) dos convidados.

5- Madrinhas da noiva:
- festa de despedida de solteira.

6- Padrinhos do noivo:
- festa de despedida de solteiro.

7- Convidados:
- despesas de deslocamento e estadia.


SOLUÇÃO MAIS COMUM

1- Família do Noivo e da Noiva juntas:
- jantar ou festa de noivado (se houver). 
- buffet ou catering e aluguel do espaço para a recepção.
- transporte dos noivos.
- música da cerimônia e da recepção.
- fotografia e filmagem.

2- Noiva e Noivo:
- o vestido de noiva e o traje do noivo completos.
- trajes das damas e pajens.
- custos do sacerdote e/ou taxas do casamento civil.
- alianças.
- flores e decoração dos espaços.
- convites, cartões de agradecimento, programas de casamento.
- lua de mel.
- festa de despedida de solteiro juntos (se houver uma).

3- Noivo:
- anel de noivado para a noiva (caso decida comprar um).

4- Padrinhos e madrinhas:
- pagam sua própria estadia e transporte ao local do casamento.


SOLUÇÃO DE ACORDO COM A SITUAÇÃO FINANCEIRA

Aqui é decidido quem irá pagar o quê conforme as possibilidades econômicas e o grau de intimidade e amizade.

1- Pais do Noivo muito ricos e pais da Noiva modestos:

Neste caso os pais do noivo podem e devem se oferecer para pagar todas as despesas, principalmente se for decidido se fazer um casamento muito formal ou semi formal e os gastos com a recepção forem elevados. E é lógico que para acompanhar um casamento muito sofisticado as roupas dos noivos deverão ser também mais sofisticadas.
E as roupas dos pais, mães, padrinhos, madrinhas, daminhas e pajens também deverão ser mais sofisticadas. Se eles não puderem arcar com o valor de roupas mais sofisticadas será preciso que, ou vocês mudem o casamento para uma cerimônia mais simples, ou então comprem as roupas deles.

Apenas não se esqueçam de agir de maneira muito educada e gentil ao propor o pagamento integral de tudo. Sempre de uma maneira que não humilhe os pais da noiva ou a própria noiva.


2- Pais da Noiva muito ricos e pais do Noivo modestos:

Uma amiga minha viveu exatamente este caso. Claro que tudo, absolutamente tudo, foi pago pelos pais dela, inclusive os gastos tradicionais que seriam da responsabilidade do noivo.

Neste caso também, os pais da noiva devem ser gentis e educados ao propor o pagamento de tudo aos pais do noivo e ao noivo para não os deixar envergonhados.


3- Noivo com muito mais dinheiro que a Noiva:

No caso dos pais deles não participarem no pagamento de nada. Se o noivo tem um emprego muito melhor que a noiva, e ganha muito mais, ele pode e deve arcar com todas as despesas, até mesmo o vestido de noiva caso seja necessário.

Exemplo: o noivo gostaria de um casamento formal ou semi formal e muito requintado. A noiva não pode custear um vestido neste padrão de cerimônia. Sim, o noivo deve custear este vestido que será muito caro para os padrões da noiva. Ou então devem ter um casamento mais simples para que a noiva possa comprar/alugar um vestido de acordo com as possibilidades dela.

Mesmo no passado isto acontecia. Uma amiga de infância da minha mãe era de família muito simples e ficou noiva de um rapaz que tinha um ótimo emprego e ganhava muito bem. Ele pagou absolutamente tudo no casamento, inclusive o vestido de noiva dela. Viveram juntos e bem até o falecimento dele.


4- Noiva com muito mais dinheiro que o Noivo:

O mesmo do item 3 se aplica aqui. Ou seja, a noiva que tem um emprego muito melhor que o noivo. Sim, ela pode pagar por todas as despesas, até mesmo a roupa do noivo. 

Antigamente isto não costumamava acontecer, mas hoje em dia há mulheres muito independentes que ganham muito mais que seus namorados e/ou noivos. 

Apenas só tome cuidado para não ferir os sentimentos do seu noivo. Talvez ele faça questão de pagar a metade ou certas coisas. Se for o caso, pode ser que valha mais à pena fazer um casamento um pouco mais simples e que deixe seu noivo mais feliz em participar dos custos.


5- Padrinhos e/ou madrinhas e outros parentes e amigos que queiram colaborar:

Presente do destino!
Pode ser que você tenha muita sorte de ter alguém próximo com muito dinheiro que queira colaborar nos gastos. 

Se eles se oferecerem e você achar que deve aceitar pode sim. Talvez sejam seus avôs, tios, padrinhos de batismo ou os escolhidos para o casamento ou até mesmo um(a) grande amigo(a).

Apenas lembre-se de que os parentes e amigos não são obrigados a colaborar financeiramente para seu casamento, seja ele religioso e/ou civil: não são obrigados nem por etiqueta e boas maneiras, nem pela tradição. Não peça isto a eles. Eles é que devem querer colaborar por vontade própria. Fica a dica.

Observação: a única coisa que, tradicionalmente os padrinhos e madrinhas devem fazer, de acordo com a boa educação, é comprar um presente de casamento de um razoável ou alto valor (por exemplo: uma geladeira ou televisão). Mas não peça presentes caros para eles, não é elegante. Isto deve vir deles por vontade própria. 

Muita sorte nos preparativos!

Veja também:


Crédito da foto: Pinterest

14 comentários:

  1. Dúvida!

    Se os padrinhos do casamento ofertar a lua de mel, a alimentação do casal
    terá que ser tudo incluso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Acabei de responder sua pergunta logo mais abaixo. :D

      Excluir
  2. Dúvida!

    Se os padrinhos do casamento ofertar a lua de mel, a alimentação do casal
    terá que ser tudo incluso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Claudia!
      Conforme as descrições postadas acima no post, os padrinhos não têm a obrigação de arcar com a lua de mel, ou seja, já são ótimos padrinhos ao pagar por isto. Incluir a alimentação do casal não é obrigatório. Tudo depende de quanto os padrinhos possam e queiram gastar.
      Os noivos não podem e não devem "forçar a barra" para que a alimentação seja paga. É falta de educação.
      Se vc é a noiva e queira saber o que seu padrinhos estão incluindo no presente, converse com eles delicadamente e peça para que os mesmos enviem todas as informações (especialmente se for um pacote turístico).
      Se vc é a madrinha, delicadamente informe aos novos a listagem do que será pago na lua de mel.
      Ambos os lados devem ser muito educados, e os padrinhos podem e devem deixar claro que estão arcando com os custos de acordo com suas próprias condições financeiras.
      No geral, os hotéis apenas incluem na diária o café da manhã.
      Exceções: resorts all inclusive (todas as refeições ficam incluídas, pois as pessoas ficam somente no local, não costumama sair) e em cruzeiros marítimos, é claro.
      Qualquer outra dúvida é so entrar em contato novamente. ok! :-)

      Excluir
  3. Está na moda festa de casamento em que se vende o convite aos convidados?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode até ser "moda" para alguns que não prezam pela sofisticação... Mas CASAMENTO ELEGANTE não se corta gravata para ser "vendida", nem se passa sacolinha arecadando e muito menos se "vende" o convite aos convidados.

      Quando os noivos não querem presentes, podem sim pedir que sejam feitas doações para instituições de caridade (o dinheiro que seria usado para o presente), ou entaõ pedir para os convidados comprarem quotas dos gastos da lua de mel do casal, no lugar dos presentes. Mas isto deve ser feito com antecedência e NÃO na festa de casamento.

      Se o casal não tem condições para arcar com uma festa de casamento com vários convidados, a solução elegante é esta aqui:

      http://www.noivacomclasse.com/2013/09/bolo-e-champagne-casamento-economico.html

      Excluir
  4. Como mãe do noivo é errado oferecer pagar as alianças? Claro que eles vão escolher!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode-se oferecer sim, mas o ideal é deixar às claras qual é o valor limite para se evitar frustrações futuras...

      Excluir
  5. Sua festa e seu evento merecem o melhor serviço de foto lembrança.
    Sua festa e seu evento merecem qualidade de artes originais e exclusivas.
    Sua festa e seu evento merecem bombar nas redes sociais.
    Sua festa e seu evento merecem ter uma super atração para todos.
    Sua festa e seu evento merecem Funclick!

    Funclick criou a forma mais divertida para seus convidados aproveitarem cada minuto da sua festa e seu evento , com muita descontração e alegria. E o melhor: esses momentos ficam registrados para sempre! Isso mesmo, todos recebem as fotos impressas na hora em apenas 8 segundos e todo o conteúdo vai direto para o Facebook*, além de ir também para o e-mail dos convidados, tudo on-line.
    E não ficamos apenas nisso: Você também pode receber e imprimir as fotos que seus convidados fazem com seus próprios tablets e celulares e postam no Instagram, na hora!
    Assim você vai poder ter a visão que cada um tem da sua festa, do seu evento. É incrível!

    Escolha entre totem, cabine padrão ou cabine inflável fotográfica e leve o Funclick para a sua festa, para seu evento. Todos irão guardar com o maior carinho, uma lembrança para vida toda, não ocupa espaço e que ninguém joga fora! “Sabemos da importância deste momento de sonho para todos os envolvidos. Participar destas comemorações e captar a felicidade é muito gratificante. Lembrando que momentos Especiais são para sempre!
    Somos a única empresa com 17 anos de mercado e patente requerida.
    Não arrisque, Funclick é a certeza do sucesso da sua festa e do seu evento!
    Atendemos em todo território brasileiro e também nos Estados Unidos.
    Nilce Geraldo – 11-964860906 whatsapp ou nilce@funclick.com.br

    www.funclick.com.br

    ResponderExcluir
  6. Sem saber dos detalhes fiz tudo certinho, rs!

    ResponderExcluir
  7. Sem saber dos detalhes fiz tudo certinho, rs!

    ResponderExcluir
  8. Quem deve oferecer os buquês para as damas? A noiva deve dar o buquê? Ou as damas é quem devem comprar sendo que não foi conversado antes e só depois a noiva já ter contratado o serviço ter avisado as dama.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!