segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Papa Francisco Muda as Regras para Anulação de Casamento Religioso - Papa Facilita o Procedimento de Nulidade de Casamento Religioso

EXTRA! EXTRA! Esta é uma notícia muito esperada por muitos brasileiros, portugueses, italianos, espanhóis, entre outras nacionalidades que se casaram pela segunda vez apenas no civil: o Papa Francisco acaba de reformular as regras para os pedidos de anulação de casamento religioso católico

Sendo que, anulação é expressão "popular" para o termo jurídico do Direito Canônico chamado de nulidade matrimonial. Ou seja, é uma grande reforma nos procedimentos de nulidade do casamento religioso católico. 

De acordo com o publicado pela agência de notícia Reuters, o Papa Francisco alterou os complicados procedimentos de anulação de casamento da Igreja Católica. Uma decisão ansiosamente esperada por muitos casais de todo o mundo que se divorciaram e voltaram a se casar fora da Igreja.

O Vaticano declarou nesta segunda-feira (dia 07/09/2015) que o papa redigiu um documento conhecido como Motu Proprio – “de sua própria iniciativa”, em latim – que muda a maneira como os católicos poderão obter as anulações de casamento.

Os detalhes do documento, que deve aperfeiçoar e simplificar o procedimento, serão divulgados na terça-feira (08/09/2015) durante uma coletiva de imprensa no Vaticano.


A anulação de casamento religioso, conhecida formalmente como “decreto de nulidade”, é o veredito de que um casamento religioso não é válido nos termos da lei da Igreja, uma vez que certos pré-requisitos como livre arbítrio, maturidade psicológica e disposição de ter filhos, entre outros, não foram cumpridos.

A Igreja Católica Apostólica Romana, que tem 1,2 bilhão de fiéis, não reconhece o divórcio. Os católicos que se divorciam e se casam novamente em cerimônias civis são considerados ainda casados com seu primeiro cônjuge e vivendo em pecado, o que os impede de receber sacramentos como a comunhão.

Esta alteração da legislação canônica irá beneficiar inúmeros casais no mundo inteiro.


ATUALIZAÇÃO

Trechos do referido documento canônico "Motu Proprio" assinado pelo Papa Francisco sobre a nulidade matrimonial de casamentos católicos, publicado no site oficial do Vaticano em 15/08/2015, a seguir:

"(...) decidi empreender a reforma dos processos de nulidade do matrimónio e, para esse efeito, constituí um Grupo de pessoas eminentes por doutrina jurídica, prudência pastoral e experiência forense que, sob a guia do Excelentíssimo Decano da Rota Romana, fizesse o esboço de um projecto de reforma, permanecendo firme, contudo, o princípio da indissolubilidade do vínculo matrimonial. Trabalhando arduamente, este Grupo preparou um esquema de reforma que, depois de meditada consideração, com a ajuda de outros especialistas, é agora vertido neste Motu Proprio.

(...) Assinalam-se alguns critérios fundamentais que conduziram o trabalho de reforma.


I. – Uma única sentença favorável à nulidade é executiva: Pareceu oportuno, antes de mais, que já não seja exigida uma dupla decisão conforme a favor da nulidade do matrimónio para que as partes sejam admitidas a novas núpcias canónicas, mas que seja suficiente a certeza moral alcançada pelo primeiro juiz nos termos do direito.

(...) IV. – O processo mais breve: De facto, além de se tornar mais ágil o processo matrimonial, estabeleceu-se uma forma de processo mais breve – juntando-se ao documental actualmente em vigor –, que se aplicará nos casos em que a acusada nulidade do matrimónio seja sustentada por argumentos particularmente evidentes."

Para ler o documento completo do Vaticano, visite o link aqui informado do site oficial do Vaticano. Para facilitar já fiz a opção para português. O documento também poder ser acessado em várias línguas.

Caso não seja possível abrir o referido link: 
https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/motu_proprio/documents/papa-francesco-motu-proprio_20150815_mitis-iudex-dominus-iesus.html


Para saber mais sobre a novidade:


Foto: reprodução

5 comentários:

  1. Oba! Finalmente vou poder me casar novamente na igreja com meu marido atual (casamento civil)!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por publicar! É por isto que sou fã do seu blog! Bjs Maria

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Finalmente os pobres poderão ter a chance de anular o casamento na igreja. Ótima iniciativa do Papa.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!