quinta-feira, 10 de maio de 2012

Dener: vestidos de noiva

Dener Pamplona de Abreu nasceu em Soure, na Ilha de Marajó, Estado do Pará no dia 03 de agosto de 1937. Ele é considerado (e fazia questão de se intitular) o fundador da moda brasileira. A carreira glamourosa de Dener foi inspirada pelos seus ídolos Balenciaga e Coco Chanel. Fez o Brasil dos anos 50 e 60 respirar a alta costura. O mais impressionante é que Dener recusou convites das maiores maisons do mundo em nome de seu amor pelas nossas tradições. Foi um gênio da alta costura não só brasileira mas também mundial. Pena que seja tão pouco conhecido atualmente.

O estilista Dener é considerado o pai da alta costura no Brasil, de certa forma o "Paul Poiret brasileiro". Dener está para a moda brasileira, assim como Christian Dior está para a moda francesa. Em 1945 sua família mudou-se para o Rio de Janeiro, onde começou a desenhar seus primeiros vestidos. Seu primeiro contato com a moda teve lugar em 1948, com apenas treze anos de idade, na Casa Canadá, então importante butique carioca. Ficou conhecido por marcar intrinsecamente a moda e alta costura brasileira quando, ao abrir seu ateliê em São Paulo passou a vender criações originais, voltadas para mulheres brasileiras, em um momento histórico em que a moda se restringia à cópias ou "inspirações" da moda européia. 

Em 1950 fez o vestido de debutante de Danuza Leão que o apresentou a Ruth Silveira proprietária do maior atelier de moda de São Paulo (Casa Canadá) com quem foi trabalhar. Abriu seu primeiro atelier, na Praça da República em 1957 aos 21 anos. Mudou o atelier para a aristocrática Avenida Paulista em 1958. Dener vestia clientes famosas, inclusive a primeira-dama do Brasil, Sara Kubitscheck. Em 1959 ganhou os prêmios de Agulha de Ouro e de Platina no Festival da Moda que era patrocinado pela Tecidos Matarazzo Boussac. Entre os concorrentes estava até o costureiro Christian Dior.

Em 1963, já famoso, foi escolhido o estilista oficial da primeira-dama da República, Maria Teresa Fontela Goulart, esposa de João Goulart. Era também amigo da primeira-dama, que disse sobre ele: "Dener foi muito importante nesta minha vida, a pública, porque a gente pode pensar que não é, mas postura é uma coisa importante". Dener casou-se em 1965 com Maria Stella Splendore, uma de suas manequins (como se chamavam à época as modelos de passarela), de quem se separaria quatro anos mais tarde. Teve dois filhos com Maria Stella.

Em 1968, fundou a "Dener Difusão Industrial de Moda", considerada a primeira grife de moda criada no Brasil. Em 1970 foi convidado a participar do júri do Programa Flávio Cavalcanti. Dois anos depois lança sua autobiografia, Dener - o luxo, e o livro Curso Básico de Corte e Costura. Ao longo dos anos 70, Dener disputou com Clodovil Hernandes o título de "papa da alta costura brasileira". Em 1975 casou-se novamente, desta vez com uma cliente, Vera Helena Camargo, separando-se em 1977. Faleceu em 9 de novembro do mesmo ano.

Qualquer foto de vestidos de noiva ou de alta costura de Dener são extremamente raras na internet. Pena que este estilista que "inventou" a moda nacional não tenha um grande acervo. 


Algumas frases de Dener:

"A mulher realmente refinada se veste para si mesma. Até quando faz a maior faxina, está sempre arrumada".

"Nenhum país tem moda própria, se não tiver uma excelente alta costura".

"Há uma diferença grande entre mulher bem vestida, mulher chique e mulher elegante. Agora criei uma nova categoria: a mulher luxo".


Alguns dos belos modelos de vestidos de noiva e alguns croquis de Dener:

O vestido de noiva logo abaixo foi criado em 1971. O vestido tem linhas atemporais e poderia ser usado ainda hoje. Era um vestido encorpado, cuja estrutura foi toda feita com entretelas, espuma, tule, forro e um tecido bem incorpado e pesado (update: ler ao final do post).







Vestidos de noiva de Dener.


O vestido de noiva de Elis Regina.


Casamento de Elis Regina. Dener é o primeiro à esquerda.


Alguns croquis de Dener.

Um fantástico croqui de vestido de noiva de Dener.









Fotos de Dener:

Aos 13 anos na Casa Canadá.


Desenhando.


Casamento com Maria Stella.


Atelier de Dener.



Com a mulher, Maria Stella Splendore.







Dener com a mulher e os filhos.


A ex-primeira-dama Sara Kubitscheck em 1960, vestindo provavelmente uma criação de Dener.


Dener com as ex-primeiras-damas Maria Tereza Goulart e Yolanda Costa e Silva.


Desfile no Copacabana Palace.



Vídeo de Dener Dalla-Rosa no Youtube:



Nota: as fotos do primeiro vestido de noiva foram update de Setembro 2013


Um comentário:

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!