domingo, 23 de fevereiro de 2014

Exposição Cartier: Joias e Objetos de Arte em Paris

Quem lê o blog Noiva com Classe sabe que estive recentemente em Paris e que visitei a exposição Cartier Le Style et l'Histoire - Cartier The Style and History. Também sabem que estou publicando posts sobre a viagem. Hoje apresento minhas fotos das joias e objetos de arte: colares, broches (alfinetes de peito em Portugal), brincos, pulseiras, relógios, carteiras, cigarreiras, pinturas entre outros objetos. 

Para ver as lindas tiaras é preciso visitar a postagem específica do assunto que vale à pena para os apreciadores de arte e para as noivas que buscam inspiração de qual tipo de tiara usar no dia do casamento. 

Cartier, conhecida como a joalheria dos Reis, criou/cria peças que foram/são usadas pela Rainha Elizabeth II, Grace Kelly, Catherine Middleton - a Duquesa de Cambrigde, Elizabeth Taylor entre outras tantas personalidades famosas ao longo de mais de 150 anos.

Fotos da exposição. Espero que possa dar um ideia geral de como foi a exposição Cartier Le Style et l'Histoire e de gostem do resultado.


A área dedicada à Grace Kelly com algumas das joias dela que foram criadas pela Cartier.


Esqueça o meu, o seu, qualquer anel de noivado ou de qualquer outra celebridade ou membro da realeza: nada pode suplantar a beleza deste anel. A beleza, o brilho e o tamanho dele ao vivo é inacreditável!!! Este foi o anel de noivado de Grace Kelly assinado pela Cartier. Sinceramente nunca vi algo igual a este aqui em nenhum lugar...


A espada acadêmica de Jean Cocteau de 1955.


Para saber tudo sobre as maravilhosas tiaras visite o post específico sobre as mesmas. Tem também o slideshow das tiaras da exposição Cartier.


Vestuário dos Anos 20.


Colar em diamantes e esmeraldas de 1932 vendido para Lady Granard.


Esquerda: tigres da Cartier. Direita alto: Gloria Swanson e suas pulseiras Art Déco. Direta inferior: cigarreira em ouro.


Objetos de toucador.


Colares Anos 20 e vário relógios da Cartier. Não esqueçam do detalhe da foto dos relógios: Rodolfo ValentinoAgnes Ayres no filme The Sheik.


Uma das belíssimas tiaras da mostra.


Fotos da área das joias criadas para o teatro e o balé.


Esquerda: módulo lunar em ouro. Existem apenas três peças destas que foram criadas como presente para os três astronautas norte-americanos da Apolo XII que foram os primeiros a visitar a lua. Mais abaixo na foto cigarreira em ouro. Direira no alto: os crocodilos da Cartier de 1975, no mínimo exóticos. Direita parte baixa: colar serpente de diamantes de 1919.


Agora vem a informação mais espantosa da mostra da Cartier: quem teve a maior e mais valiosa joia da grife não foi uma mulher... foi um homem!!!
Esta é a foto de Sir Bhupindra Singh, o Marajá de Patiala (1891-1938). Ele foi o melhor cliente da Cartier. 


Aqui segue a foto do colar e da gargantilha cerimonial do Marajá de Patiala criadas em 1928. Em 1998 foi recebida pela Cartier para ser reconstruída, pois faltavam os maiores diamantes. Este colar é simplesmente estonteante ao vivo. Foi uma perfeita obra prima da Cartier, que recebeu esta encomenda como um grande desafio: unir a modernidade e o espírito do mundo ocidental com as tradições milenares do oriente. O resultado é arrebatador.


Peças Art Déco lindíssimas. O ponto branco na foto é uma falha da minha câmera. Na parte de baixo escultura da pantera de Cartier.


Retrato de Marjorie Merriweather Post de 1946 de autoria de Frank O. Salisbury.


Broche (alfinete de peito) da emblemática pantera da Cartier. Este aqui é de 1949 e foi apresentado "flutuando" em uma linda caixa de cor azul.


Direita: retrato de 1936 da Rainha Marie da Romênia por Philip Alexius de László. Vejam que ela usa uma Frinje tiara.  Esquerda alto: o colar de 1951 que pertenceu à Elizabeth Taylor. Como se pode ver na foto, é possível usá-lo como tiara também. Direita abaixo: cena de vídeo que mostra o momento em que Richard Burton dá de presente o referido colar à Elizabeth Taylor.


Vestidos históricos.


Mais serpentes e carteira em ouro.


Direita: broche (alfinete de peito) pendente de 1923. Feito com esmeraldas e diamantes. Direita: retrato da senhora Hutton e de Nedenia Hutton (menina) de 1929 de autoria de Giulio de Blaas.


Mais objetos de arte e preciosidades.


Esquerda: relógio de mesa de 1926 com ouro, jade branco, coral, madrepérola, ônix e diamantes. A ilustração é de uma cena chinesa. Direita: relógio de mesa egípcio de 1927 com ouro, madrepérola, lápis-lazuli, coral, esmeralda e cornélia com hieróglifos e motivo egípcio.


O teto escurecido, assim como todo o ambiente da exposição, apresentava um show holográfico com as joias da mostra.


Foto do exterior do Grand Palais.




Veja também:

Vejam o post com fotos das outras tiaras da exposição
Slideshow das tiaras
Fotos do Grand Palais e vídeo feito na exposição
O primeiro post sobre a exposição em 2013




Fotos: Blog Noiva com Classe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!