domingo, 8 de março de 2015

Um Casamento Medieval Real na Inglaterra - Casamento Medieval Verdadeiro

Não houve um casamento como este por algum tempo. Na verdade, por cerca de sete séculos!!! Tenho certeza que alguns noivos irão ficar encantados com esta ideia. Para os fãs absolutos do período medieval, contos de fadas e histórias de cavalaria, este seria o casamento perfeito. Como sou estudiosa de Heráldica e Genealogia (em especial da minha própria família), além de frequentar eventos e festas medievais realizadas na Europa - a Alemanha tem um dos melhores festivais - confesso que acho um charme

O casal recriou uma cerimônia de casamento medieval fantástica, onde todos os convidados se vestiram de acordo e o banquete também foi em estilo medieval (sem talheres, é claro). Foi uma cerimônia simbólica, já que o casamento civil foi realizado em separado. Mas nada impede um casamento religioso neste estilo, caso o sacerdote aceite vestir-se com trajes medievais.

A noiva chegou montada em uma égua branca usando um vestido de noiva feito com cerca de 82 metros de seda (270 feet). E esperando por ela estava o seu cavaleiro de armadura brilhante de aço forjado à mão com aparas de latão e veludo. O valor final da armadura foi de £ 10,000 (dez mil libras esterlinas). 

Esta cena verdadeira, que parece ter saído de filmes, aconteceu no casamento de Sian Jenkins e Rupert Hammerton-Fraser. Um casal tão fascinado pela Idade Média que recriou uma cerimônia medieval até nos mínimos detalhes - a noiva até prometeu ser formosa e agradável na cama e ter formas voluptuosas ou curvilíneas (Bonny and Buxon in bed), que é um voto de casamento do século 14.

O evento custou £ 30.000 (trinta mil libras esterlinas). A cerimônia de casamento foi realizada em Lulworth Castle em Dorset na Inglaterra e terminou com um banquete, onde os convidados usaram trajes de época confeccionados especialmente para a ocasião e foram servidas iguarias medievais. No dia seguinte houve a justa (esporte medieval) com combate de espada e até mesmo uma batalha foi encenada em grande escala. Rupert, o noivo, saiu com seu escudeiro e portador do anel e lutou contra os desafiantes com espada, uma prática comum no século 14.

A noiva Sian comentou que as famílias ficaram um pouco supresas quando eles disseram que queriam um casamento assim. Mas eles "vestiram a camisa", partilharam nossos sonhos e confeccionaram suas vestimentas para o casamento.

O noivo, que é professor, declarou que o casamento levou dois anos de planejamento e pesquisa e foi em torno de 99% historicamente preciso.

"Meus amigos do sexo masculino e eu bebemos cerveja e polimos nossas armaduras antes de irmos para o castelo", disse ele. "Cheguei com uma guarda de três homens armados, meu padrinho (best man), escudeiro e chefe da portaria (usher). "Minha noiva, em seguida, montou uma égua branca e foi escoltada por seu amigo mais velho, a madrinha (dama de honra pricipal), três cavaleiros com armaduras e três damas de honra auxiliares."

O casal, que vive em High Wycombe no Condado de Buckinghamshire, e seus convidados beberam e dançaram a noite toda antes de acordar para mais um dia de eventos históricos. Hammerton-Fraser disse: "Nós tivemos grandes momentos com malabaristas e falcoaria. Terminamos o dia com uma justa ".

A noiva acrescentou: "Desde os 15 anos participo de improvisações históricas e tenho paixão por história medieval. Rupert compartilha da minha paixão e por isso um casamento medieval era a escolha óbvia."

O casal fez uma "concessão" para o século 21: eles se casaram oficialmente em Bournemouth Register Office (casamento civil) vestidos com roupas de hoje em dia.







Fotos: reprodução

6 comentários:

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!