quinta-feira, 10 de julho de 2014

Tomara que caia ou cai-cai: usar ou não usar? Eis a questão - Os enormes riscos do tomara que caia (cai-cai) em vestidos de noiva

Sim, eu sei que muitas das noivas brasileiras, portuguesas e norte-americanas usam o tomara que caia (cai-cai). Eles viraram o "uniforme de casamento" de muitas noivas. E os vestidos de noiva tomara que caia (cai-cai) são exatamente como um uniforme: muito parecidos e... tediosos.

Para ser sincera com vocês, mesmo sob pena de "apanhar" de todas (ou algumas) vou falar a verdade: o tomara que caia ou cai-cai não é o ideal para noivas com classe que querem ser elegantes e sofisticadas. Raramente ficam elegantes para uma noiva.

Claro que cada noiva pode e deve escolher seu vestido como queira, sem se importar com as opiniões alheias, mas minha intenção é ajudar quem queira ficar realmente bonita e elegante no dia do casamento. 

Como blogueira consciente que escreve sobre - para noivas - e casamentos, tenho o compromisso de ser verdadeira com as (os) leitoras(es), ou seja, indicar o que fica melhor, mais elegante para quem vai se casar.

Já sei que muitas noivas vão começar a se perguntar quais são as razões para não usar um vestido tomara que caia (cai-cai). Então vou enumerá-las aqui e mostrar exemplos com fotos.




RAZÕES PARA NÃO USAR TOMARA QUE CAIA OU CAI-CAI COMO VESTIDO DE NOIVA

1- Tomara que caia ou cai-cai não fica bem para a maioria das mulheres: nem para quem tem muito seios e também para quem não tem quase seiosA verdade é esta. 
Geralmente só as mulheres de seios médios (tamanho 40-42) é que conseguem "segurar" um vestido de noiva tomara que caia ou cai-cai - e ainda por cima irá depender da escolha de um modelo adequado.
Nos catálogos de vestidos de noiva, as grifes procuram modelos que tenham seios que fiquem bem com o vestido usado - e mesmo assim muitas vezes precisam usar photoshop
Nem tudo o que parece bonito em revista de moda vai ficar bem no seu corpo no mundo real;

2- A estrutura do tomara que caia ou cai-cai precisa ser muito, mas muito bem feita para um vestido de noiva. 
Precisa ser do tipo lingerie estruturada, corset ou com bojo interno
E geralmente um trabalho bem feito deste é só encontrado em alguns vestidos de alta costura, ou seja, o vestido não vai ter um valor acessível;

3- O tomara que caia (cai-cai) não é confortável para se dançar, pular com liberdade de movimentos como muitas noivas querem fazer na festa do casamento. 
E os vestidos de noiva tomara que caia (cai-cai) com alcinhas bem fininhas também não.
Há um grande risco do busto "pular fora" do lugar...
Claro que depende do quanto a pessoa vai dançar-pular com vigor ou se não vai;

4- Quando os decotes são baixos ou com recortes nos seios o modelo de tomara que caia ou cai-cai fica totalmente vulgar, sem classe;

5- Nem sempre o tomara que caia ou cai-cai favorece os seios da mulher, e há casos que até desfavorecem, em que os deixam parecendo caídos ou achatados;

6- As fotos e o vídeo de casamento entregam de imediato um tomara que caia ou cai-cai que não ficou bem. Resultado: aparência de mulher sem classe ou desleixada;

7- Igreja e tomara que caia não combinam. Ninguém vai à praia para entrar no mar com vestido de gala, assim do mesmo modo, a vestimenta para um casamento precisa ser respeitosa. 
Cada local exige uma maneira diferente de se vestir, ou seja, dresscode diferentes.

Vejam o que Carmen Mayrink Veiga - a nossa it-madame, um dos ícones de elegância e que também foi um dos ícones de beleza do Brasil, fala sobre este assunto em seu comentário pessoal em um livro reescrito e atualizado por ela:

"(...) vestidos tomara-que-caia (sic), vestidos de alcinha, a grande maioria com a metade dos seios de fora. Eu nunca fui pudica; sempre gostei de grandes decotes, de roupa transparente, tudo a que tenho direito, mas na hora certa e no lugar certo. A noiva não está indo para uma festa black tie, e o seu vestido não é de baile. Vestido de baile não é, nem de longe, parente do vestido de noiva. (...) Mas que fique bem anotado que noiva decotada, mães decotadas, madrinhas decotadas são de muito mau gosto, além de ser falta de respeito e decoro. (...) não precisa casar de gola alta, nem de manga comprida, nada disso. Mas de peito de fora, definitivamente, não pode." 
(Carmen Mayrink Veiga in O Livro completo de Etiqueta de Amy Vanderbilt, Editora Nova Fronteira, 2000, página 372)


QUANDO USAR O TOMARA QUE CAIA OU CAI-CAI SEM ERRAR

O mais indicado é em casamento SOMENTE no civil ou casamento simbólico
pode-se usar o tomara que caia ou cai-cai, desde que esteja elegante e sem decotes grandes e os seios "pulando fora", pois elegância é a palavra-chave.

Escolha mais elegante para casamento religioso em igreja: optar por um vestido de noiva de manga longa ou curta de renda ou tule transparente com a manga removível para se usar na igreja e depois o vestido se transforma em um tomara que caia para a festa. 
Exemplos aqui mesmo no blog:
Casamento real: Sara e João
Casament real: Mariana e Mateus
Casamento real: Dominique e William

Claro que, qualquer noiva pode usar qualquer modelo de vestido para se casar, já que é ela quem tem a decisão final (e se o padre, o pastor ou o rabino deixar entrar na igreja, templo ou sinagoga), mas não estará sendo elegante e nem respeitando o templo religioso.

E ainda tem mais isto: 
Saiba que as pessoas comentam por trás e ainda por cima caçoam se o modelo ficar feio
E as fotos vão entregar qualquer vulgaridade ou falta de gosto.



EXEMPLOS DE ERROS COMUNS NO USO DO  TOMARA QUE CAIA OU CAI-CAI

E agora algumas fotos de CASAMENTOS REAIS que mostram claramente os erros de quem escolheu o tomara que caia ou cai-cai como vestido de noiva

As fotos foram devidamente cortadas já que as noivas não estavam elegantes. Há noivas famosas e outras não. 

As noivas que são famosas, com certeza, não sabiam que o resultado de um vestido tomara que caia ou cai-cai seria este que aparece nas fotos. Só tem uma ou duas, caso vocês reconheçam quem são, que acho que intencionavam mostrar mais.

E tenho certeza de que as noiva anônimas também não tinham ideia do resultado final desastroso...

Muitas vezes não tem como o fotógrafo salvar a foto, simplesmente porque a noiva escolheu o vestido errado

E isto acontece muito mais vezes é exatamente com o tomara que caia ou cai-cai. Ou então quando há o uso de decotes gigantescos.

Para ver mais vestidos desastrosos para noivas (e com os rostos de quem usou) é só visitar o link da postagem do blog Amiga, Tou Bonita?.



Da esquerda para a direita: noivas com seios bem pequenos. Nem elas escapam de errar com o tomara que caia ou cai-cai: ou parece que elas têm "nada" de busto ou ainda ficam parecendo caídos.
Direita abaixo: os seios médios parecem caídos e comprimidos neste vestido tomara que caia ou cai-cai.


Da esquerda para a direita: noivas com seios grandes. A noiva da foto de cima tem seios médios, mas mesmo assim o modelo tomara que caia ou cai-cai deixa os seios "pulando fora" e dá a impressão de que o vestido está caindo. 
Noivas das fotos de baixo: seios grandes pulando do decote tomara que caia ou cai-cai. Todas infelizmente deselegantes. 



MUITA GENTE ACHA FEIO E DESELEGANTE VESTIDO TOMARA QUE CAIA OU CAI-CAI PARA NOIVAS MAS NÃO TEM CORAGEM DE AVISAR

Não só no Brasil, mas como no exterior o assunto já está sendo comentado - há mais de dois anos - pela imprensa sobre a falta de classe em muitos vestidos de noiva.

"Strapless wedding dresses are rarely flattering. It depends on your body type and skin condition. 
This trend started in the 90's whereas if you look at pictures of wedding dresses before that, you will notice that they were not strapless and they were very special, I mean you could tell that it was a wedding dress and not just a white prom gown. 
Why did this relentless tyranny of strapless wedding dresses last for 20 years and does not go away? Why even the famous royal wedding of William and Kate can't change the trend of bare bridal shoulders? 
I believe the main reasons are the following: 
1) Brides want to be sexy and they are afraid that if they choose a modest wedding dress, they will be "accused" of being conservative, shy and that they are not self-confident so they want to cover-up their body. 
2) Most brides choose their wedding dress with the help of their friends and family. When you choose a dress for someone else, you don't care about the flabby arms and backs, the acne on the chest, back and arms and that their dress won't stay up while they are dancing. 
3) Bridal dresses retailers and manufacturers have a lot of strapless dress inventory which is easier to alter -you just take in or out the side seam. This way they carry less sizes which is cheaper for them. In addition, if you want a wedding dress with different neckline and sleeves, they alter the strapless dress (which can be altered to any style) and they make extra money. 
The only way to change the trend is to start asking for different styles..." 
(PR no Yahoo Answers)

TRADUÇÃO
"Vestidos de noiva tomara que caia (cai-cai) raramente ficam bonitos. Depende do seu tipo de corpo e condição da pele. 
Esta tendência começou na década de 90, e se você olhar para fotos de vestidos de noiva antes disso, irá notar que eles não eram tomara que caia (cai-cai) e eram modelos especiais (elaborados), o quero dizer é que você poderia ver que era um vestido de noiva e não apenas um vestido de gala branco. 
Por que essa tirania implacável de vestidos de noiva tomara que caia (cai-cai) tem durado cerca de 20 anos e não vai embora? Por que até mesmo o famoso casamento real de William e Kate não pode mudar a tendência do colo descoberto nas noivas? 
Acredito que as principais razões são as seguintes: 
1) As noivas querem ser sexy e estão com medo de que, se escolherem um vestido de noiva tradicional ("decente"), serão "acusadas" ou chamadas de conservadoras, tímidas e que não são auto-confiantes pois cobrem mais o corpo.
2) A maioria das noivas escolhe o seu vestido de casamento com a ajuda de seus amigos e familiares. Quando você escolhe um vestido para outra pessoa, você não se preocupa com os braços flácidos e costas, a acne no colo, costas e braços e que o vestido não vai ficar no lugar enquanto estiver dançando. 
3) Os varejistas e fabricantes de vestidos de noiva têm um grande estoque de vestidos tomara que caia (cai-cai) porque é mais fácil de ajustar por dentro ou por fora na costura lateral. Dessa forma, eles fabricam menos tamanhos, o que é mais barato para eles. Além disso, se você quer um vestido de noiva com mangas e decote diferente, eles alteram o vestido sem alças (que pode ser modificado para qualquer estilo) e ganham dinheiro extra. 
A única maneira de mudar a tendência é começar a pedir estilos diferentes..."
(PR - Yahoo Respostas)

Artigos contrários ao uso de tomara que caia (cai-cai) em vestidos de noivas:
Daily Mail
The Gardian
Searching for Style  (vejam só o nome: estilo e não moda)
The Knot
Lovelyish


ALTERNATIVAS ELEGANTES AO TOMARA QUE CAIA OU CAI-CAI

Existem modelos de vestidos de noiva que mantém o formato do tomara que caia ou cai-cai, mas possuem tule ou rendas para cobrir o colo. 

Os melhores exemplos são os vestidos de noiva de Grace Kelly e Catharine (Kate) Middleton.

Não se esqueçam de que o vestido de noiva vai precisar ter estrutura do tipo corset ou corselet também. 

Quanto mais estruturados e sem decotes baixos, mais elegantes ficam os vestidos de noiva. Mesmo para as noivas com bastante busto ou as plus-size.





E há ainda os vestidos de noiva frente única (halter) ou de corte com decote V - em modelo halter ou com calças tradicionais. Um ótimo exemplo é o do vestido de noiva de Kate Moss. 

Desde que não sejam muito decotados (especialmente para casamentos em igreja) ficam muito bem para quem sente muito calor ou vá se casar em local com temperaturas muito altas (35 ou 40 graus Celsius, por exemplo).

Além deles evitarem o risco de ter os "seios saltando", ao mesmo tempo são modelos que deixam parte das costas de fora e os braços descobertos. Ou seja, são bem modernos.
















2 comentários:

  1. Verdade absoluta!!! É muito feio tomara que caia para noivas.

    ResponderExcluir
  2. Mulher ELEGANTE não se casa de tomara que caia. Moda NÃO é sinônimo de elegância.

    ResponderExcluir

Todos os comentários são muito bem-vindos!
Deixem as suas opiniões aqui. São os seus comentários que incentivam a postagem constante.
MUITO OBRIGADA PELA VISITA E VOLTEM SEMPRE!